90 Projetos exemplares

1. Pólio Plus - Até 2005, rotarianos terão contribuído mais de US$500 milhões e incontáveis horas de trabalho voluntário em prol da erradicação da pólio. Em parceria com a Organização Mundial de Saúde, o Unicef e o Centro Americano para Controle de Doenças, o Rotary desenvolveu um modelo de parceria pública e privada respeitada por organizações governamentais e não--governamentais no mundo inteiro.

2. Equipes médicas na Zâmbia - Em novembro de 2001, vinte médicos rotarianos e quatro voluntários da Índia e EUA efetuaram gratuitamente tratamentos dentários e cirurgias ortopédicas e oftalmológicas no Malauí e Zâmbia.

3. Rotarianos na Rússia - Em agosto de 2001, rotarianos viajaram do Alasca à cidade russa de Tomsk, onde passaram quatro semanas desenvolvendo programas educacionais, vocacionais e desportivos para 110 crianças de orfanato na Sibéria. Com esse projeto, rotarianos já distribuíram agasalhos de inverno para mais de 22 comunidades.

4. Mutilados de Serra Leoa - Em 2001, rotarianos de Nova York receberam sete crianças e dois adultos, vítimas de conflitos civis, para colocação de próteses e apoio psicológico. Os serra-leoneses tiveram a oportunidade de relatar as atrocidades de guerra no congresso americano, na Organização das Nações Unidas e perante a municipalidade de Nova York.

5. Vacinação para refugiados - Cerca de 1.000 voluntários rotarianos de 84 Rotary Clubs auxiliaram na vacinação anti-pólio de mais de 30 milhões de crianças menores de cinco anos no Paquistão, em novembro de 2001. Paquistão e Afeganistão optaram pela vacinação sincronizada para proteger a população infantil de ambos os lados da fronteira entre os dois países contra esta terrível doença.

6. Instituto de computação - A comunidade da área do Rotary Club de Beloit, EUA, arrecadou e enviou a Camarões 400 computadores, milhares de livros e equipamento de escritório para auxiliar um dos maiores e mais respeitados centros de qualificação profissional do oeste da África, que recebe o nome de Paul Harris.

7. Alfabetização no sul da África - Em 2001, rotarianos da província de Western Cape, África do Sul, receberam da Fundação Rotária meio milhão de dólares para ampliar projeto de alfabetização. O subsídio auxiliará os rotarianos em parceria com o departamento de educação local a treinar 4.800 professores na metodologia Concentrated Language Encounter (CLE) de ensino, para que possam alfabetizar 240.000 estudantes em 1.200 escolas da província.

8. Concerto beneficente na Bélgica - Em dezembro de 2000, Rotary Clubs da Bélgica organizaram récitas beneficentes da soprano Barbara Hendricks em prol do Pólio Plus e de projeto de conservação de água. Na programação, foram incluídas composições de Brahms, Hugo Wolf, Gabriel Fauré e Strauss.

9. Médicos na Nigéria - Em novembro de 2000, rotarianos de Los Angeles uniram-se a especialistas médicos da Índia para operar quase 200 crianças afetadas pela pólio. A equipe médica também ofereceu tratamento de vista, otorrinolaringológico e dentário.

10. Médicos italianos ajudam crianças da Venezuela - Em agosto de 2000, rotarianos de Verona, Itália, foram patrocinados pelo Rotary para efetuar 180 cirurgias e tratar de 250 crianças carentes. A equipe, formada por cirurgiões, anestesistas, pediatras e enfermeiros atuou na reconstrução de fen- das de palato e lábio leporino e outras intervenções reparadoras da face durante duas semanas.

11. Computadores para o mundo - Em 2000, Rotary Clubs de Seattle, EUA, trabalharam em conjunto com estudantes de segundo grau no recondicionamento de computadores doados pelos comerciantes locais. Patrocinados pelo Rotary, os jovens americanos viajaram ao México, Rússia e Moçambique, distribuíram e instalaram o equipamento e forneceram treinamento às crianças. Este projeto também atende a organizações e escolas em Seattle.

12. Centro profissionalizante nas Antilhas - O Rotary Club de Bequia, em São Vicente e Granadinas, estabeleceu centro profissionalizante, além da primeira creche das Granadinas. O clube arrecadou US$100.000 para construções e reformas. Rotarianos da área doaram material e mão-de-obra, e clubes dos EUA, Canadá e Suécia forneceram ajuda financeira e equipamentos. Mais de 60 estudantes completaram ali cursos de alfabetização, turismo e liderança nos negócios.

13. Terremoto na Turquia - Rotary Clubs no sudoeste do país, em colaboração com universidades e órgãos governamentais, ajudaram na reconstrução do Kocaeli University Hospital, contando com o apoio de clubes do mundo inteiro, que enviaram mais de meio milhão de dólares em medi- camentos e equipamentos médicos. Rotary Clubs italianos auxiliaram a montar um acampamento para as vítimas.

14. Beisebol para crianças deficientes - Clubes em Rockdale e Conyers, nos EUA, arrecadaram mais de US$700.000 para inaugurar em abril de 2000 o primeiro complexo desportivo desenhado especialmente para que crianças deficientes possam jogar beisebol. Este projeto inspirou a construção de mais de 23 campos similares em todo o país.

15. Centros Rotary - Estabelecidos em 1999, os Centros Rotary de Estudos Internacionais sobre paz e resolução de conflitos objetivam promover pesquisa, ensino, divulgação de trabalhos e maior conhecimento de questões relacionadas à paz, boa vontade, causas de conflitos e compreensão mundial. Anualmente, 70 bolsistas inscrevem-se para mestrado de dois anos e cursam matérias como resolução de conflitos, estudos sobre paz e relações internacionais em sete universi- dades de prestígio, espalhadas pelo mundo.

16. Auxílio em casos de catástrofe - Rotarianos de Chicago, EUA, distribuíram um total de mais de US$250.000 em medicamentos e fornos solares à cidade de San Pedro Sula, Honduras, para auxiliar na recuperação dos estragos causa- dos pelo furacão Mitch, em 1998. Os fornos servem padarias comunitárias que distribuem alimento à população carente. Rotarianos contribuíram mais de US$4 milhões em ajuda humanitária às áreas mais afetadas pelo furacão.

17. Aids e os jovens - Rotary Clubs em Atlanta, EUA, e a organização AID Atlanta promoveram campanha de conscientização sobre Aids convidando jovens a escolas de segundo grau para que relatassem suas próprias experiên- cias com o vírus do HIV. Estatísticas mostram que a cada hora dois jovens norte-americanos com menos de 25 anos contraem a doença. O programa objetiva incentivar maior responsabilidade e a abstinência de adolescentes entre 12 e 16 anos.

18. CD-ROMs para jovens - Rotary Clubs na Grã-Bretanha e Irlanda desenvolveram uma série de CDs para auxiliar crianças nas fases difíceis pelas quais podem passar. A coletânea inclui um trabalho premiado que sugere como lidar com provocações de colegas na escola. Rotarianos distribuí- ram 18.000 CD-ROMs na região, alcançando mais de 4 milhões de crianças.

19. Comboio da esperança - Em outubro de 1999, Rotary Clubs britânicos levaram até Kosovo alimentos, agasalhos, artigos de higiene, medicamentos, material médico e de construção. O transporte foi feito em treze caminhões e distribuído a organizações comunitárias com a ajuda de rotarianos da área.

20. Treinamento para cirurgiões - Em 1999, uma parceria estabelecida entre o Rotary Club de São Paulo Avenida Paulista, Brasil, e o Rotary Club de Astley, Inglaterra, financiou um laboratório para treinamento em cirurgia reconstrutiva no Hospital das Clínicas em São Paulo. Entre os casos está o de uma menina de 5 anos que se submeteu a reimplantação de um membro após acidente com serra elétrica. A cirurgia durou oito horas e foi um sucesso. O médico cirurgião responsável pela intervenção foi treinado no laboratório rotário.

21. Centro de recuperação em Toronto - Em 1999, o Rotary Club de Toronto, Canadá, abriu um centro de recuperação e transição para atender pacientes carentes hospitalizados no setor de emergência do hospital St. Michael. Esta iniciativa dá continuidade a projeto comunitário que leva atendimen- to itinerante às camadas mais pobres de Toronto.

22. Acampamento para refugiados albaneses - De abril a julho de 1999, o Rotary Club de Tirana, com a parceria do Rotary Club de Bishop, EUA, e vários outros, patrocinou acampamento para 308 refugiados, fornecendo agasalhos, alimentos e escola para as crianças albanesas. Rotarianos do mundo inteiro doaram mais de US$ 2 milhões em ajuda humanitária aos Bálcãs.

23. Sul-africanos visitam Iowa, EUA - Em 1998, rotarianos americanos orientados pelo cantor de ópera Simon Estes receberam um grupo de cem estudantes de música da cida- de de Cape Town, África do Sul.

24. Suprimentos médicos para a Rússia - Em 1998, o Rotary Club de Denver, EUA, uniu-se ao Project HOPE, para patrocinar US$ 2,1 milhões em medicamentos e transporte de tais bens a doze hospitais da cidade de Vladivostok, Rússia. Entre os itens, vacinas contra rubéola e caxumba suficientes para a imunização de 12.000 crianças, 100.000 doses de insulina para diabéticos e outros materiais hospitalares. Rotary Clubs russos providenciaram o apoio logístico.

25. Água potável na Índia - Com o auxílio de rotarianos canadenses, o Rotary Club de Madras, Índia, levou água potável aos lares de mais de 200.000 habitantes de baixa renda. Os rotarianos indianos se encarregaram de desenhar projetos e plantas baixas e administraram sua implantação, além de participar ativamente das atividades durante as obras.

26. Mentores para jovens - Em 1998, rotarianos de Delaware, EUA, foram treinados para orientar cerca de 1.200 estudantes secundários por ano. "Com o crescente número de pais solteiros e a diminuição da influência da família na educa- ção da criança, é importante contar com o apoio de outros adultos", comentou Bob Casey, criador do programa.

27. Mamografias na Polônia - As taxas de mortalidade para pacientes com câncer de mama no país chegam a 50%, se comparadas com 20% nos EUA. De março a maio de 1998, o distrito 7330, no estado da Pensilvânia, arrecadou cerca de US$64.000, doando equipamentos para detecção da doença em seu estágio inicial a hospitais poloneses.

28. Terapêutica eqüina - Em 1998, o Rotary Club de Topeka, EUA, criou centro para tratamento de pessoas deficientes que emprega cavalos de montaria no desenvolvimento das habilidades motoras dos pacientes, o que resulta em fortalecimento dos músculos e melhor comunicação através da interação com os animais. Entre crianças e adultos estão pacientes com autismo, paralisia cerebral e esclerose múltipla.

29. Laboratório para testes de tuberculose - Em 1998, clubes da província de KwaZulu Natal, África do Sul, estabelece- ram laboratório de apoio aos 15 postos médicos (localmente conhecidos como "bekimpilos") para efetuar testes de tuberculose. Os postos de saúde já receberam mais de US$100.000 em doações rotárias desde 1989, e contam com agentes de saúde que orientam os moradores em questões como nutrição, planejamento familiar, espaçamento entre gestações, imunização, tuberculose e Aids. Entre as atividades comunitárias, os moradores aprendem também a cultivar hortas para uso coletivo.

30. Reforma de orfanato na Bulgária - Unidos, líderes rotaria- nos e 18 rotaractianos britânicos aproveitaram as férias para viajar até a Bulgária e reformar algumas salas de aula em orfanato na cidade de Bourgas. Ao final, haviam reformado o prédio inteiro, que abriga 300 crianças, instalando 10 sani- tários e chuveiros de água quente e fria, colocando reboco, pintando corredores e trocando cerca de 50 lâmpadas quei- madas. Antes da chegada dos voluntários, a escola contava somente com 5 banheiros e 3 chuveiros de água fria.

31. Saúde para o povo - Graças aos esforços conjuntos do Rotary Club de Salinas, Equador, e dos Rotary Clubs de Oregon, EUA, 21 vilas no sudoeste da costa equatoriana estão recebendo água potável e saneamento básico. Reconhecido por duas agências da ONU em 1998 como exemplo de desenvolvimento sustentável, o projeto contou com a colaboração de rotarianos e 56 comissões comunitárias, desenvolvendo infraestrutura de abastecimento de água, encanamento, sanitários, tratamento com cloro e desinfecção de caixas d'água.

32. Polícia proficiente em zulu - Em 1997, o Rotary Club de Pietermaritzburg East, África do Sul, desenvolveu treinamento intensivo nesta língua banta com duração de cinco sema- nas para policiais de origem européia e asiática. Naquele país, mais de 80% da população fala somente zulu, enquanto os agentes de polícia praticam o africânder ou o inglês, o que geralmente ocasiona terríveis mal-entendidos. Este projeto foi responsável pela queda da criminalidade na área.

33. Alfabetização em Bangladesh - A implementação do programa CLE em Bangladesh pelo Rotary Club de Dhaka (Bangladesh) e pelo Rotary Club de Footscray (Austrália) aumentou consideravelmente o nível de educação no país a partir de 1996. Desde então, com o patrocínio dos clubes em Daca, mais de 563.382 pessoas se beneficiaram com o programa, e 5.486 professores treinados no método levaram seus conhecimentos a 3.617 salas de aula em 555 escolas públicas e 144 escolas particulares patrocinadas pelo Rotary.

34. Serviço bancário acessível a pessoas de baixa renda - Desde 1996, Rotary Clubs em Portland, EUA, doaram mais de US$98.000 e estabeleceram bancos em 24 vilarejos de países centro-americanos para ajudar os cerca de 5.000 habitantes de áreas rurais a livrar-se da pobreza. Os beneficiários, principalmente mulheres pobres, recebem pequenos empréstimos trimestrais. A quitação da dívida, acrescida de juros, faz com que o dinheiro inicialmente investido beneficie novos mutuários.

35. Clínica flutuante - Devido à dificuldade de transporte ter- restre e escassez de assistência médica em Bangladesh, o barco Rotary Hasuk Mobile Medical Boat Clinic constitui o único recurso de saúde para muitas das famílias que vivem na região ribeirinha. O posto de saúde flutuante navega pelo rio Meghna atendendo cerca 60 pacientes bengalis por dia. Cerca de 1.200 pessoas são tratadas mensalmente. O barco conta com sete profissionais, entre eles dentistas e médicos de várias partes do mundo. A base de atendimento em terra, patrocinada pela Fundação Rotária, já está em fun- cionamento em um prédio de dois andares contando com equipe de 11 profissionais e está capacitada, em conjunção com o posto flutuante, ao atendimento geral e de emergência, oftalmologia e odontologia.

36. Instituição de ensino em Bombaim - Por intermédio da parceria entre o Rotary Club de Toronto (distrito 7070), no Canadá, e o Rotary Club de Bombay (distrito 3140), na Índia, a instituição beneficente Pavement College ministra cursos de alfabetização para crianças de rua da cidade indiana e outras matérias como redação, além de oferecer microcrédito a pequenas empresas e cursos profissionalizan- tes para colocação no mercado de trabalho local.

37. Playgrounds para crianças deficientes - Em homenagem à memória do pequeno Jonathan, deficiente falecido em 1995, 300 rotarianos do distrito 7890, EUA, com a colaboração de outras organizações arrecadaram fundos para a construção de um playground para crianças com aparelhos ortopédicos ou em cadeiras de rodas. Este projeto é o precursor da organização Boundless Playgrounds, que já construiu mais de 30 parquinhos em diversas cidades norte-americanas, com vários outros projetos em andamento.

38. Operação condor - Desde 1995, o Rotary Club de Wheaton, EUA, e o Rotary Club de Huánuco, Peru, vêm oferecendo assistência médica à população peruana que vive na região andina, onde são altas as taxas de mortalidade infantil, desnutrição e endemias. Em 2000, o projeto contava com a participação de 100 voluntários americanos e canadenses trabalhando em dois hospitais e utilizando cinco salas de cirurgia. Duas mil pessoas já foram atendidas em Huánuco.

39. Indianos auxiliam cegos no Quênia - Depois do recebimento de uma remessa de livros em braile incompatíveis com o sistema usado na Índia, o Rotary Club de Bombay uniu-se ao Rotary Club de Nairobi South para enviar os 2.200 livros compatíveis com o sistema utilizado no Quênia à biblioteca nacional daquele país. A nação queniana conta com cerca de 230.000 pessoas que sofrem de problemas visuais.

40. Profissionalização na Jamaica - Em 1996, o distrito 6840, EUA, uniu-se ao Rotary Club de Ocho Rios, Jamaica, para estabelecer escola de qualificação profissional em Ocho Rios. O projeto ampliou-se rapidamente com o estabeleci- mento de escolas em outras áreas jamaicanas, onde comer- ciantes locais colaboram com material e equipamentos.

41. Em prol da paz - Durante as negociações de paz em Oslo, em 1994, o Rotary Club de Skoyen implementou projeto de paz com o propósito de aproximar jovens israelenses e palestinos. No início, apenas dois estudantes participaram. Atualmente, a cada ano 12 estudantes reúnem-se por seis semanas.

42. Doação de órgãos - Em 1993, clubes californianos iniciaram programa para incentivar a doação de órgãos, o qual foi abraçado também pelo grupo de companheirismo de medicina e saúde. Palestrantes visitaram clubes, distritos e convenções para criar consciência e aumentar a participação na campanha. O grupo preparou manuais, vídeos e um banco de dados eletrônico contendo toda a atividade de doação de órgãos no mundo rotário.

43. Saúde comunitária na Bolívia - Em 1992, o Rotary Club de Montero, Bolívia, e o Rotary Club de Waynesville, EUA, colaboraram para melhorar a qualidade de vida na periferia da cidade boliviana providenciando saneamento e água tratada; orientação sobre nutrição e saúde e reunindo-se com a comunidade e visitando os lares. Em junho de 1995, haviam sido construídos 86 sanitários e 123 casas passaram a ter água encanada. Além disso, o posto médico já efetuara mais de 5.000 consultas e o consultório dentário procedido a quase 900 exames.

44. Apoio a hansenianos - A partir de projeto iniciado em 1990 por rotariano britânico, o Rotary Club de Dudley, Inglaterra, e o Rotary Club de Bargarh, Índia, construíram 40 casas com água e luz para abrigar 40 famílias afetadas pela lepra.

45. Compreensão entre nações - No início de 1990, clubes do distrito 1160, Irlanda, decidiram promover a tolerância e a reconciliação entre a Irlanda e a Irlanda do Norte. A campanha incluiu dissertações estudantis, visitas recíprocas entre jovens e contatos com rotarianos emissários de paz do mundo inteiro.

46. RotaCare - A partir de seu estabelecimento em 1989, quando o primeiro paciente sem-teto foi atendido na Califórnia, EUA, as clínicas gratuitas do RotaCare espalharam-se por outras cidades norte-americanas. A organização sem fins lucrativos oferece atendimento médico a pessoas de baixo poder aquisitivo, contando com mais de 1.500 voluntários rotarianos, médicos, enfermeiros, farmacêuticos e assistentes sociais em diversas comunidades.

47. Aids em vídeo - Em 1989, o Rotary Club de Los Altos, EUA, produziu documentário em vídeo contando a história do filho de Dushan Angius, ex-presidente daquele clube, e de dois outros rotarianos que morreram de Aids. O premiado documentário, foi transmitido por estações de televisão e distribuído em escolas de nível médio em vários países.

48. Aposentadoria planejada - No final da década de 80, o distrito 975 iniciou programa de orientação para aposentadoria. A Australian Retirement Planning Foundation, formada por profissionais da área de seguros, serviços sociais, impostos e rotarianos com experiência em legislação previdenciária, organizava seminários direcionados a aposentados, pessoas prestes a se aposentar ou planejando afastar-se do serviço ativo em dez anos.

49. Alfabetização - Em 1987, clubes australianos e tailandeses decidiram colaborar com a Srinkarinwirot University e o ministério de educação da Tailândia na criação do primeiro projeto Iluminar de alfabetização, com o objetivo de reduzir as altas taxas de analfabetismo no país. Os coordenadores do programa se dirigiram a quatro áreas rurais para oferecer treinamento - o famoso método Concentrated Language Encounter ou CLE de alfabetização - a educadores da região. Em 1992, o projeto Iluminar era adotado em todo o país, depois de ter sido incorporado ao programa nacional de desenvolvimento social e econômico da Tailândia. Mais de 400 escolas e comunidades já foram beneficiadas, contribuindo para o aumento de 67% no número de matrículas estudantis.

50. Deficientes auditivos - Em 1986, o Rotary Club de Tokyo- Kokubunji, Japão, doou 114 aparelhos auditivos e equipamentos de fonoaudiologia (cujo valor é de quase US$23.000) para uma fundação de auxílio a crianças surdas na Tailândia, que os distribuiu a estudantes carentes de instituições direcionadas àqueles com problemas de audição.

51. Energia solar - Depois de planejar por dois anos e efetuar seis viagens ao México, o Rotary Club de Crescenta, Canadá, instalou, em 1986, painéis de energia solar em posto de saúde na cidade de El Fuerte, para que os cirurgiões tenham condições de operar com corrente estável de eletricidade.

52. Núcleos Rotary - Sob a direção dos clubes patrocinadores, os Núcleos Rotary de Desenvolvimento Comunitário têm levado desenvolvimento econômico e auto-sustentação a todas a comunidades de que fazem parte. Desde 1985, mais de 4.000 núcleos tratam de questões sobre Aids, drogas, analfabetismo, fome, poluição, etc.

53. Coleta de alimentos - Rotary First Harvest, agência sem fins lucrativos criada pela University Rotary Club, em Seattle, EUA, foi adotada como projeto pelo distrito 5030 em 1984. A entidade coleta doações de fazendeiros e produtores agrícolas para bancos de alimentos que beneficiam pessoas carentes da região.

54. Poços artesianos - Em 1984, o distrito 669 arrecadou US$87.000 para a construção de poços no sul de Honduras. Os rotarianos compraram equipamento de perfuração, patrocinaram o treinamento de dois hondurenhos nos EUA e contrataram o treinador norte-americano para a supervisão inicial da obra. Clubes de Honduras forneceram o concreto e mão-de-obra.

55. Voluntários do Rotary - O programa, iniciado em 1979, oferece a rotarianos e profissionais qualificados a oportunidade de participar de projetos locais, nacionais e internacionais. O Rotary funciona apenas como rede de informações sobre projetos e voluntários. Cabe aos interessados iniciar contatos e tomar as providências. Ao identificar uma área de atuação, o candidato poderá qualificar-se a subsídio rotário. Mais de US$1,2 milhão já foi outorgado a 400 projetos oriundos de 40 nações diferentes.

56. Detentos colaboram na comunidade - Quando o Rotary Club de Amble & Warkworth, Inglaterra, precisou reformar alguns prédios antigos para atender pessoas carentes no final da década de 70, os detentos da prisão local foram convocados para oferecer mão-de-obra e, desta forma, perceber seu valor à sociedade.

57. Subsídios "Saúde, Fome e Humanidade" - São responsá- veis pelo patrocínio de projetos rotários de grande porte que possam ser auto-sustentáveis após o encerramento da ajuda do Rotary. Os projetos devem contar com ativa participação rotária e patrocínio de clubes/distritos de mais de um país. Os subsídios variam de US$100.000 a US$300.000. Desde 1978, o Rotary já outorgou mais de US$ 69 milhões em subsí- dios a mais de 250 projetos em 61 países.

58. Tratamento ortopédico em Belize - Desde 1977, rotarianos do distrito 6510, EUA, vêm enviando cirurgiões ortopedistas a Belize anualmente para tratar de crianças com defor- midades físicas. Várias crianças são trazidas aos EUA para intervenções corretivas.

59. Terremoto na Itália - Em 1976, a região italiana de Fruili foi devastada por uma série de terremotos. Rotary Clubs do país e do exterior patrocinaram a construção de prédios, restauraram lar de idosos e transformaram um antigo estábulo em escola e centro de atendimento aos necessitados. Um dos primeiros a colaborar foi o Rotary Club de Colchester, Inglaterra, que enviou comboio terrestre com itens de emergência às áreas afetadas.

60. Saúde para crianças carentes - Desde 1975, rotarianos do estado de Nova York, EUA, têm oferecido assistência médica e cirúrgica a mais de 2.000 crianças de vários países sem acesso a tratamento de saúde. Rotarianos fazem contatos com hospitais e médicos e arranjam para que as crianças viajem aos EUA e recebam hospedagem. Em várias outras cidades e países rotarianos têm implementado projetos similares.

61. Trigo rotário para indianos - Em 1975, rotarianos indianos decidiram captar água do rio Suseri para irrigação de áreas plantadas pela primeira vez com trigo e outros grãos. Em 1977, os gastos de implementação do projeto já haviam sido totalmente repostos. Os agricultores da região se referem carinhosamente às colheitas como o "trigo rotário".

62. Vila psiquiátrica - Em 1972, o Rotary Club de Ziguinchor, Senegal, iniciou a construção da primeira comunidade para pessoas com problemas mentais em Dacar, com oito residências, despensa e área para as reuniões e alojamento dos funcionários. Fundada por psiquiatra rotariano, a filosofia do lugar é o respeito mútuo entre pacientes e sociedade através da vida comunitária.

63. Rotary Club de Chicago - Desde 1969, o Rotary Club de Chicago vem colaborando com o instituto de reabilitação da cidade, onde construiu posto de saúde e ala infantil para crianças deficientes.

64. Kits de emergência - Um dos mais antigos projetos de ajuda em casos de catástrofe é patrocinado pelo distrito 1050, Inglaterra, que mantém prontas para remessa caixas contendo kits de emergência (comida e utensílios de cozinha, cobertores, agasalhos, artigos de primeiros socorros, purifica- dores de água e ferramentas) para sobrevivência imediata.

65. Pé de Jaipur - Clubes dos EUA, Canadá, Inglaterra e Índia têm trabalhado em conjunto para prover próteses a pessoas carentes na América do Sul, África, Índia e outros países. O projeto foi desenvolvido na Índia nos anos 70. O artefato mecânico, ou seja "o pé de Jaipur", tem produção barata, é durável e resistente às condições rurais. A partir desta expe- riência de sucesso, várias clínicas e centros ortopédicos foram instalados em países de baixa renda.

66. Rotaract - Em 1968, foram criados os primeiros clubes para pessoas entre 18 e 30 anos patrocinados por Rotary Clubs. Rotaractianos prestam serviço comunitário, arrecadam agasalhos e medicamentos para casos de catástrofe, promovem campanhas de doação de sangue e visitam asilos e orfanatos.

67. RYLA - Desde 1967 o projeto australiano promove seminários para o fortalecimento das qualidades de liderança dos jovens. Os workshops, que também enfocam o desenvolvimento profissional, são direcionados a específicas faixas etárias e grupos de interesse.

68. Intercâmbio de Grupos de Estudos - Desde 1965, este programa de intercâmbio com enfoque profissional patrocinou a viagem de mais de 8.000 equipes (cerca de 40.000 participantes) a mais de cem países.

69. Programa para recuperação de viciados - Em 1946, o Rotary Club de Kowloon West, Hong Kong doou prédio para criação de centro de apoio a ex-detentos para que estes possam abandonar totalmente o uso de drogas com aconselhamento profissional.

70. Subsídios Equivalentes - O programa vem equiparando, desde 1964, fundos doados por clubes e distritos para patrocínio de projetos internacionais de prestação de serviços. Mais de 13.500 subsídios para atividades em 165 países já foram outorgados.

71. Homenagem a Paul Harris - Em 1964, sócios do Rotary Club de Safed, Israel, comemoraram o 60º aniversário do Rotary plantando um bosque com 10.000 árvores na Galiléia, que passou a chamar-se Paul Harris Peace Forest, já que estava localizado em área onde reinava a paz. No final da década de 80, o centro para visitantes foi finalizado e todas as árvores receberam placas comemorativas.

72. Interact - Em 1962, para que as novas gerações perpetuas- sem a tradição do trabalho comunitário e liderança do Rotary, foi criado o primeiro programa para jovens de abrangência mundial. Interactianos trabalham em questões como uso de drogas, meio ambiente, pessoas sem-teto e paz.

73. Lar para idosos - Em 1962 o Rotary Club de Eagle River, EUA, criou organização beneficente para atender idosos, a qual fornece um lar seguro e barato para pessoas acima de 55 anos. O complexo habitacional conta com apartamentos de um e dois quartos, e inclui cuidados e acompanhamento aos idosos que ali residem.

74. Cargas de alimentos - Em 1955, em comemoração ao 50º aniversário do Rotary, o Rotary Club de Fresno, EUA, arrecadou alimentos e fundos para seu transporte, possibilitando que outra instituição governamental americana se encarregasse da entrega dos itens para combate à fome na Ásia e Europa.

75. Doentes carentes - Em 1955, um clube vietnamita patrocinou clínica onde mulheres grávidas e bebês recebiam atendi- mento gratuito. O centro, com capacidade para atender 150 pessoas diariamente, foi ampliado para 250 atendimentos.

76. Projeto em Hiroshima - Em 1954, dois anos após o início do projeto, rotarianos em Hiroshima, Japão, contavam com 78% do financiamento necessário para a construção de centro comunitário no parque que abriga o memorial da Segunda Guerra.

77. Serviços à Comunidade Mundial - Lançado em 1950, o programa organiza projetos comunitários em países de baixa renda através da parceria entre clubes estrangeiros. As atividades incluem suporte técnico, doação de equipamento agrícola, livros, remédios e itens de primeira necessidade.

78. Bolsas educacionais - Em 1948, rotarianos de Haifa, Israel, patrocinaram seis bolsas em escolas locais, participando também em outros projetos similares.

79. Programas educacionais - A partir de 1947, após a morte de Paul Harris, os primeiro dezoito estudantes (graduados de nível superior) de sete nações viajaram sob patrocínio do Rotary para fazer mestrado em dez países diferentes e ser- vir como embaixadores da boa vontade. Atualmente, os bolsistas viajam ao exterior para estudar e também se apresentam nos clubes anfitriões, contando sobre a cultura de seus países e, ao retornar, compartilham as experiências que tiveram com suas comunidades. Já foram outorgadas mais de 34.000 bolsas ao custo total de US$396 milhões.

80. Órfãos de guerra - Em 1944, na Suécia, rotarianos tiveram atuação relevante ao cuidar de 32.000 crianças finlandesas vítimas da Segunda Guerra Mundial.

81. Conferência do Rotary dá início à Unesco - Em 1942, em Londres, rotarianos organizaram conferência que contou com a presença de ministros da educação e observadores internacionais reunidos para discutir vasto intercâmbio cul- tural e educacional. O encontro resultou no estabelecimento da Unesco.

82. Prevenção contra difteria na Argentina - Em 1937, rotarianos de Tigre, Argentina, administraram mais de 2.000 doses de vacina para a prevenção da difteria, com a colaboração de médicos voluntários.

83. Rotary Clubs na China - Em 1935, rotarianos de Amoy, China, construíram e mantinham abrigo para puxadores de jinriquixá. No ano seguinte, o clube patrocinou o tratamento gratuito de mais de 3.000 pessoas. Em 1950, a China proibiu a existência de Rotary Clubs em seu território.

84. Intercâmbio de Jovens - A partir de 1929, jovens entre 15 e 19 anos começaram a ter suas viagens de estudos patrocinadas pelo Rotary. Famílias anfitriãs e rotarianos tiveram papel decisivo na conscientização dos jovens viajantes. Atualmente, cerca de 7.000 adolescentes estudam no exterior sob os auspícios do Rotary, a cada ano.

85. Orfanato no Japão - Em 1927, japoneses contaram com a colaboração de rotarianos mundialmente na arrecadação de fundos para a construção de lar para órfãos, em decorrência de terremoto devastador.

86. Proteção a pequenos trabalhadores - Na década de 20, o Rotary Club de Oklahoma City criou programa para prevenir a exploração de menores no trabalho, com participação de toda a comunidade local.

87. Auxílio a paraplégicos - Em 1919, rotarianos criaram sociedade para crianças deficientes na cidade de Ohio, pedra fundamental para o posterior estabelecimento de ins- tituição de nível nacional, a National Easter Seal Society.

88. Participação do Rotary na guerra - Quando a Primeira Guerra eclodiu na Europa, clubes na Irlanda e Grã-Bretanha ofereceram diversos tipos de auxílio, inclusive abrigo a refugiados belgas. Quando os EUA entraram no conflito em 1917, Rotary Clubs organizaram campanhas para coleta de alimentos, agasalhos e livros para o conforto dos pracinhas combatendo em solo europeu.

89. Primeira parceria rotária - Em 1913, enquanto tornados e enchentes varriam o meio-oeste norte-americano, clubes uniram-se para criar o primeiro fundo rotário para auxílio em casos de catástrofe, arrecadando US$25.000 para socor- rer as vítimas.

90. Primeiro projeto rotário de prestação de serviços - Paul Harris, fundador do Rotary, nutria, além do companheirismo, idéias mais avançadas. Ele pretendia que a entidade pudesse atuar mais amplamente em serviços cívicos que fossem relevantes para a comunidade. Em 1907, o Rotary Club de Chicago implementou o primeiro projeto comunitário que previa a instalação de sanitários públicos na cidade.

faixarotaract44
 
rotaract interact22 kids casq2 ryla camp expro2 intercambio2